As 10 estruturas mais altas do mundo

Existem várias estruturas de arquitetura magníficas espalhadas pelo mundo que são autênticas obras de arte arquitetónicas. Trata-se de edificações históricas impressionantes que batem todos os recordes e marcam o seu espaço no tempo. Conheça as 10 estruturas mais altas do mundo e saiba quais foram as maiores construções realizadas pelo homem.

1. Burj Khalifa – Dubai, Emirados Árabes Unidos

O Burj Khalifa, anteriormente conhecido como Burj Dubai, é um arranha-céus que está localizado no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Ele apresenta 828 metros de altura e é a estrutura mais alta do mundo a ser edificada pelo homem. A sua construção iniciou-se em setembro de 2004 (a altura foi mantida em segredo) e a inauguração ocorreu em janeiro de 2010.

Este edifício foi rebatizado devido ao empréstimo de 7,5 biliões de euros/17,05 biliões de reais feito por Khalifa bin Zayed Al Nahyan, xeque do emirado de Abu Dhabi, para pagar as dívidas da empresa estatal Dubai World na construção do respetivo empreendimento.

O Burj Khalifa é um ícone arquitetónico mundial que dispõe de 160 andares, cerca de 1000 apartamentos, escritórios e um hotel de luxo. Ele encontra-se entre o deserto e o mar e é visível até uma distância de 95 km.

2. Piscina do Ritz-Carlton – Hong Kong, Japão

O Ritz-Carlton Hong Kong demorou 10 anos a ser construído e foi inaugurado em março de 2011. Ele apresenta uma estrutura de 312 suites de luxo, onde cada uma delas tem cerca 530 metros quadrados e mais de 20 salões para convenções e eventos. O lobby do hotel encontra-se no 102º andar e termina no 118º (cobertura com paredes de vidro), onde está localizado o Ozone bar. O edifício fica em Victoria Harbour e oferece uma vista esplêndida de toda a baía da cidade de Hong Kong.

A piscina do Ritz-Carlton de Hong Kong é um dos empreendimentos mais luxuosos e extravagantes do mundo. Esta unidade hoteleira está situada no topo do International Commerce Centre (ICC), na cidade de Hong Kong, no Japão, e é um edifício que tem cerca de 500 metros de altura. Trata-se de uma piscina fantástica de borda constante que está situada no 118 º andar e apresenta as dimensões de 468 x 340 metros.

3. Abraj Al Bait Towers – Meca, Arábia Saudita

O Abraj Al Bait Towers são um conjunto de arranha-céus que se encontram na cidade de Meca, na Arábia Saudita. Este empreendimento tem 7 torres que estão agrupadas num único edifício, sendo que a mais alta, a torre do hotel, tem 601 metros de altura. Esta obra de arte arquitetónica ainda não está concluída, a inauguração está prevista para o ano de 2012, mas quando estiver terminada, será o maior edifício da Arábia Saudita e terá a torre do relógio mais alta do mundo.

O complexo de Abraj Al Bait Towers custou cerca de 2,26 biliões de euros/5,11 biliões de reais, tem uma área de construção de 1 500 000 metros quadrados e o empreiteiro da obra é a Saudi Binladin Group, a maior empresa de construção da Arábia Saudita. Esta construção fica apenas a poucos metros da maior mesquita do mundo e do local mais sagrado do Islão, o Masjid al Haram.

4. Singapore Flyer – Singapura

A Singapore Flyer é uma roda-gigante de observação que está localizada na cidade de Singapura. A sua construção iniciou-se em setembro de 2005 e foi inaugurada em abril de 2008. Apresenta uma área de 33,700 metros quadrados, atinge 42 andares de altura e oferece uma altura total de 165 metros. A Flyer é 5 metros mais alta do que a Estrela de Nanchang, na China, e tem 30 metros a mais que a London Eye, em Inglaterra. Esta construção custou cerca de 150 milhões de euros/340 milhões de reais, apresenta 28 cápsulas com ar condicionado e cada uma delas é capaz de transportar 28 passageiros. Cada viagem custa cerca de 19 euros/43 reais e dura cerca de 30 minutos a completar uma volta.

5. Torres Petronas – Kuala Lumpur, Malásia

As Torres Petronas, também conhecidas como Petronas Twin Towers, são dois arranha-céus que foram construídos na cidade de Kuala Lumpur, na Malásia. As torres foram concluídas em 1998, têm 88 andares e mantiveram o título de edifício mais alto do mundo (452 metros) até à conclusão do Taipei 101, na República da China, em 2004.

As torres foram projetadas pelo arquiteto argentino Cesar Pelli e construídas por empreiteiras japonesas e coreanas. Apresentam uma estrutura em aço e vedação em vidro e foram desenhadas de forma a lembrar a arte e a cultura islâmica. Também é de realçar que as duas torres têm um passadiço a meia altura que as une, o que demonstra a sua resistência.

6. Taipei 101 – Taipé, República da China

O Taipei 101 é um arranha-céus de 101 andares, que se encontra na cidade de Taipei, na República da China. O edifício tem 509 metros de altura, foi projetado por C.Y. Lee e construído pela KTRT Joint Venture. Este empreendimento já foi considerado o arranha-céus mais alto do mundo, depois de ter superado as Torres Petronas, na Malásia, em 2003. No entanto, em julho de 2007, o Taipei 101 foi ultrapassado em altura pelo Burj Khalifa, no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O Taipei 101 combina a tradição e a modernidade da cultura asiática e internacional num único projeto e, atualmente, distingue-se dos demais por ser um edifício ecológico. O edifício apresenta um sistema de reciclagem de água no telhado e o seu consumo de energia é 30% menor do que um edifício normal do seu tamanho.

7. Torre Willis – Chicago, Estados Unidos da América

A Torre Willis, anteriormente conhecida como Sears Tower, é um arranha-céus que se encontra na cidade de Chicago, nos EUA. Este edifício de 527 metros de altura já foi considerado a estrutura mais alta do mundo entre 1974 e 1998, sendo superado pelas Torres Petronas, em Kuala Lumpur, na Malásia.

Este empreendimento foi idealizado pelo arquiteto Bruce Graham e pelo engenheiro de estruturas Fazlur Khan e foi edificado pela Sears, Roebuck & Company. A sua construção começou em agosto de 1970 e abriu ao público em maio de 1973. O edifício conta com 108 andares e foi renomeado em 2009, quando um corretor de seguros, com sede em Londres, comprou os seus direitos.

8. Torre Eiffel – Paris, França

A Torre Eiffel é um dos ícones da arquitetura mundial e uma das estruturas mais conhecidas no mundo. Trata-se de uma torre treliça de ferro com 324 metros de altura que se encontra no Champ de Mars, na cidade de Paris, em França. A torre foi construída como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889 e foi projetada pelo engenheiro Gustave Eiffel.

A Torre Eiffel começou a ser construída em 1887 e foi inaugurada em março de 1889. Foi a estrutura mais alta do mundo até à conclusão do Edifício Chrysler, na cidade de Nova Iorque, nos EUA, em 1930. A torre tem três níveis para os visitantes mas, atualmente, só é permitido ir até ao segundo nível. Este monumento é, sem dúvida, um dos símbolos mais significativos da cidade de Paris e de França.

9. Pirâmide de Quéops, Egipto

A Pirâmide de Quéops, também conhecida como a Grande Pirâmide, foi construída para ser o túmulo do Faraó Quéops da quarta dinastia. Trata-se de uma das criações mais espetaculares da arquitetura e encontra-se localizada em Gizé, no Egipto. A Pirâmide de Quéops foi a estrutura mais alta do mundo entre os anos de 2570 a.C. e 1300 a.C., sendo superada pela Catedral de Lincoln, no Reino Unido. A sua altura original era de 146,60 metros de altura mas, atualmente, tem 137.16 metros, pois falta parte do seu topo e revestimento.

Para a construção deste monumento, estima-se ter sido usada a força de trabalho de cerca de 100 mil pessoas ao longo de 20 anos. A sua superfície cobre cerca de 53 mil metros quadrados e é, sem dúvida, um dos monumentos mais polémicos de toda a Antiguidade.

10. Mesquita Hassan II – Casablanca, Marrocos

A Mesquita Hassan II é uma mesquita da cidade de Casablanca, em Marrocos. Trata-se do templo com o minarete mais alto do mundo (210 metros de altura) e pode ser visto a vários quilómetros de distância. Esta Mesquita foi desenhada pelo arquiteto francês Michel Pinseau, tem a capacidade para 25.000 adoradores e foi inaugurada em agosto de 1993. Metade da Mesquita encontra-se sobre o Oceano Atlântico e parte do chão do edifício é feito em vidro para que os fiéis se possam ajoelhar e orar diretamente sobre o mar.

O minarete da Mesquita Hassan II é a estrutura mais alta de Marrocos e à noite emite um feixe de laser em direção a Meca, para apontar o caminho para Deus.

 

Comentários

Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários